Habilidades essenciais para trabalhar em equipe

 

 

 Equipes efetivas não só fazem a diferença para aumentar a produtividade e alcançar objetivos de negócio, como ajudam a manter um ambiente de trabalho saudável e positivo. Quando é funcional, o trabalho em equipe,por um lado,melhora a motivação dos colaboradores e, por outro, oferece grandes oportunidadespara o exercício da liderança.

No entanto,interagir com os outros de forma produtiva envolve uma série de habilidades e hábitos importantes.Entre essas habilidades está a capacidade de entender, monitorar e utilizar nossas emoções. Afinal, sentimentos e emoções ignorados afetam comportamentos, dificultam relacionamentos e anulam os resultados de iniciativas que envolvem várias pessoas, comprometendo as relações de trabalho.

Conhecidas como soft skills, essas habilidades interpessoais favorecem não só o trabalho do time e a capacidade de agregar valor de maneira colaborativa, como geram confiança.

Difícil de obter, fácil de perder, a confiança é cada vez mais reconhecida não como uma virtude intangível, mas como uma das soft skills mais importantes que interferem na retenção, no desempenho e na produtividade nas organizações.

No livro TrustBetrayal in theWorkplace, os autores Dennis e Michelle Reina sugerem que gestores devem entender de forma integral as dinâmicas complexas que envolvem a geração de confiança, comprometendo-se com práticas que apoiem a construção dessa virtude intangível com colaboradores. Tais práticas incluem: gerenciar expectativas; estabelecer limites; delegar de forma adequada; incentivar intenções de apoio mútuo; manter acordos; apresentar comportamento consistente.

Outra ação poderosa para construir confiança no time envolve compartilhar informação. Quando gestores trocam ideias e capacitam a equipe a se responsabilizar pelas coisas, os colaboradores passam a compreender melhor a posição do líder, seu comportamento e decisões, aumentando o nível de confiança mútua.

No fim das contas, líderes confiáveis obtêm muitas recompensas: colaboradores engajados, retenção de talentos, cultura organizacional positiva e – o mais importante – maior produtividade e resultados.

Nesse sentido, será cada vez mais importante investir em gestores capazes de construir confiança no time. Afinal, o nível de confiança dos seguidores é o que mede o grau da legitimidade de um líder.

Isadora Marques é gerente de pesquisas do LAB SSJ

Fonte: http://revistavocerh.abril.com.br/materia/habilidades-essenciais-para-trabalhar-em-equipe